Kaefer defende MP do novo Refis

//Kaefer defende MP do novo Refis

Kaefer defende MP do novo Refis

O deputado Alfredo Kaefer defendeu nesta quarta-feira, 27, a medida provisória que abre prazo para nova renegociação de dívidas com a Receita Federal e a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. O novo Refis prevê abatimento de juros e multas na nova renegociação.”A crise econômica e financeira que se implantou no país nos últimos anos foi algo além do normal. Isso fez com que milhares de empresas entrassem em inadimplência com o Fisco”, argumentou Kaefer.

A crise, segundo Kaefer, fechou lojas, fábricas ficaram inativas e se reduziu a prestação de serviços. “Os empresários, na maioria deles, para preservar os empregos, deixaram de recolher os impostos, dando preferência ao seu funcionário, ao seu fornecedor e assim por diante. Isso é da prática e da atividade empresarial e comercial”, disse.

Kaefer destacou o grupo de deputados liderados pelo relator Newton Cardoso Junior (PMDB-MG) que dedicou meses em produzir um relatório adequado para fazer minimamente o refinanciamento tributário para as empresas. “Essas empresas que estão inadimplentes, não é porque foram perdularias, não é por outra razão, a não ser pela crise que se implantou nesse país. Empresa fechada não dá resultado, não gera emprego e é isso que precisamos fazer”.

O deputado disse ainda que a Receita Federal e o Ministério da Fazenda colocaram obstáculos ao Refis adequado às empresas. Reduziu pouco as multas e juros e quer manter apenas em 25% a redução dos encargos., o que significa resultados para os procuradores na sua caixinha resultante das execuções fiscais em andamento”.

A taxa Selic, as penalidades e multas de 50%, 120%,150% deixaram as empresas sem condições de pagar os impostos e dívidas fiscais em atraso. “Temos que ter um Refis que dê um alento às empresas que vão contribuir com a arrecadação fiscal no mês seguinte porque quem está inadimplente não paga o imposto do mês seguinte. Ao patrocinarmos um Refis adequado que as empresas possam entrar em sua regularização, elas também irão pagar o imposto do mês. Dezenas de empresas não conseguem participar de licitação pública, não conseguem ter acesso ao crédito oficial por conta da inadimplência”, completou Kaefer.

 

Confira mais em:

2017-09-28T14:05:10+00:00 setembro 28th, 2017|Categories: Últimas|0 Comments

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.

This Is A Custom Widget

This Sliding Bar can be switched on or off in theme options, and can take any widget you throw at it or even fill it with your custom HTML Code. Its perfect for grabbing the attention of your viewers. Choose between 1, 2, 3 or 4 columns, set the background color, widget divider color, activate transparency, a top border or fully disable it on desktop and mobile.